News, news, news

Ae, pessoal, hoje eu tenho duas novidades!

Primeira: pra quem não leu o about, eu participo de um podcast, o Ludocast, que estava em fase de produção. Pois bem, agora está no ar o primeiro episódio! \o/ Tratamos nele das experiências que temos com jogos desde o começo da vida gamer, e a influência disso em nossas vidas. Quem quiser pode ouvi-lo no link do nosso blog, que pus acima (e que agora está devidamente identificado na coluna ao lado). Participamos deste episódio eu, Arthur Protasio, Bruna Torres, Rian Rezende e Bruno Baère, mas a equipe completa conta também com Ana Carolina Cavalcanti, Yan Magno e Guilherme Xavier.

Segunda novidade: está no ar o episódio #11 do podcast Baixo Frente Soco, do qual eu e Arthur Protasio participamos! O tema de que tratamos foi Poderosos Chefões, no qual falamos de vários vilões e do papel deles nos jogos e a diferença que fazem nos enredos. Foi muito engraçado e divertido participar! A equipe é super legal e gente boa. ^^ Espero poder participar mais vezes!

E já que eu estou aqui empolgadona escutando a trilha sonora do jogo DJ Hero, essa é minha indicação do dia! O Arthur me viciou nessa bagaça, que é muito bacana e instigante. Outro dia faço um review sobre ele, prometo. Tô escutando a música Somebody Told Me vs. Pjanoo, e eu a acho uma das melhores do jogo!

Por hoje é só, galera, besitos!

Advertisements

Welcome to Reddish Wings!

Este é um espaço pessoal, no qual tratarei majoritariamente do mundo dos jogos (com atenção especial a 8-bit e 16-bit, que são uma preferência minha) e, eventualmente, de outros assuntos também.

Já enfrentei muito preconceito no mundo gamer por ser mulher. Quando comecei a jogar, há mais de uma década, não havia essa abertura a meninas gostarem de jogos. Já me olharam estranho diversas vezes porque sempre preferi jogos a bonecas. xD Contudo, felizmente esse cenário vem mudando há algum tempo, e cada vez há mais gamer girls “saindo do armário”, hahaha! Assim, hoje em dia eu me sinto mais à vontade pra assumir esse gosto. Claro que o preconceito ainda não foi totalmente vencido… vide a quantidade de homens que ainda acha que “mulher não entende de jogo”. Mas acredito de verdade que algum dia essa batalha vai ser vencida e seremos todos gamers; nada menos, nada mais =)

Enfim, divaguei, haha! Sintam-se totalmente incentivados a ler e comentar! Responderei com a maior satisfação. Pra quem quiser entrar em contato por e-mail ou outra plataforma, na seção de About tem mais informações. Ainda estou dando uma trabalhada no layout, então pequenas mudanças aqui podem vir (estou apanhando um pouquinho do WordPress…).

Sintam-se em casa!

Abraços ^^